Narrative in Music: Jean Paul’s Die Flegeljahre and R. Schumann’s Papillons. Ekphrasis of Content, Psychology, and Form

Autores/as

  • Marcos Krieger

Palabras clave:

ecfrase, música de programa, mediação, Schumann, Jean Paul

Resumen

Estudos sobre narrativa em música frequentemente mencionam Papillons de R. Schumann que o próprio compositor conectou com o romance Die Flegeljahre de Jean Paul Richter. Todavia, a maioria das análises se detém às questões de correspondências entre o enredo do livro e os temas musicais da peça de Schumann. Este trabalho propõe estabelecer uma conexão a nível mais profundo, baseado na noção clássica de écfrase, a sua expansão moderna como transmedialização (Bruhns) e o conceito de mediação estética (mitgesehen) proposto por Gadamer. A composição ecfrástica de Schumann, além das correspondências diretas entre personagens do romance e perfis musicais na peca, ocorre aqui em pelo menos duas outras dimensões, a saber, a cons-trução psicológica dos personagens e as suas representações formais. Ambas as categorias demonstram traços comuns com o estilo literário de Jean Paul. O escritor foi criticado por suas obras oferecerem pouca ação no enredo; da mesma forma, a écfrase nessa peça de Schumann se preocupa com algo mais do que apenas o enredo, utilizan-do estruturas musicais que são frequentemente rotuladas como ‘fora das formas clássicas’. Essas peças recriam para o ouvinte a experiência psicológica dos personagens no enredo, demonstrando assim o processo de trans-medialização como aquele onde a experiência de dois meios de comunicação diferentes, neste caso, a prosa e a música, podem expressar a mesma substância estética.

Descargas

Publicado

2023-12-18

Número

Sección

Artículos