Um elogio ao retratado: Francesco Geminiani como modelo de autoridade para a música britânica setecentista

Autores/as

  • Marcus Held

Palabras clave:

Francesco Geminiani, retrato, encômio, elogio, música instrumental inglesa

Resumen

Francesco Geminiani (1687-1762) foi um dos músicos mais destacados da Inglaterra setecentista. Natural de Lucca, foi discípulo de Arcangelo Corelli (1653-1713) em Roma até radicar-se em Londres em 1714. Na capital britânica, exerceu uma carreira notável como instrumentista, compositor, professor e autor de tratados musicais. Desde o início, foi respeitado como um modelo de referência. Isto se verifica pelas várias menções nos periódicos da época, pelas referências laudatórias a ele dirigidas e, também, por suas representações iconográficas. O retrato encomiástico que, à luz da retórica, segue as diretrizes epidíticas, é um dos principais modos de louvar as virtudes do sujeito. Geminiani foi, durante décadas, objeto central de obras de artistas proeminentes de seu meio e, nesta pesquisa, procuramos demonstrar – a partir da análise e interpretação de seus retratos – que ele foi considerado modelo de autoridade para a música britânica do século XVIII, contribuindo para a consolidação do estilo instrumental.

Descargas

Publicado

2022-01-14

Número

Sección

Dossier